quinta-feira, 28 de julho de 2016

10 coisas que você precisa saber antes de praticar magia

Confira as principais dicas para quem é iniciante em magia ou pretende estudá-la e conhecê-la. Saiba como ser um bom praticante e evitar cometer erros dos mais simples aos mais graves.


Esta é uma lista com dez coisas importantes que todos devem saber antes de começar a estudar e praticar magia. É claro que se você já é praticante a tempos, você já está totalmente ciente de tudo o que está escrito aqui. A leitura só reforçaria aquilo que você já aprendeu. Mas para quem é iniciante e tem interesse em magia, este texto possui informações importantes. Então vamos lá:

1 – Magia não é mágica


Existe uma diferença absurda entre magia e mágica. Mágica é a realização de truques por meio de ilusionismo. É aquilo que você pode encontrar em circos, apresentações na televisão, na internet, etc. Embora você, na maioria das vezes não consiga entender como que o mágico consegue realizar aquelas facetas, você sabe que tem um truque por trás e que não é real.

Magia é totalmente diferente disso. Magia não tem nada a ver com truques nem tampouco ilusionismo. Magia é a capacidade de realizar transformações energéticas utilizando a sua força de vontade. Magia é uma coisa natural e real. Ela está acontecendo o tempo todo em todos os lugares do mundo, seja de forma consciente ou inconsciente. Não existem truques por trás da magia, toda a ação que ela provoca, se torna realidade.

2 – Magia não é ficção


Magia não é nada semelhante aquilo que é encontrado nos filmes de ficção, histórias em quadrinhos nem nada do tipo. Não tem nada a ver com o que dizem os contos de fadas ou infantis também. Não pense que você vai balançar uma varinha e a bagunça do seu quarto vai se arrumar sozinha (seria ótimo) porque isso não vai acontecer. Não existe também essas bobeiras de transformar pessoas em sapos ou voar em vassouras mágicas. Isso tudo é ficção, magia é real.

Da mesma forma os praticantes de magia e bruxaria, denominados bruxos e bruxas, não são velhos e velhas com verrugas na cara que só vestem preto e usam chapéus pontudos. Bruxos são pessoas normais como você e são chamados assim pelo simples fato de praticarem magia e bruxaria. As coisas na real são bem diferentes do que se vê em Harry Potter ou Percy Jackson, etc. Essas obras, na verdade, estão voltadas para o entretenimento.

3 – Magia não é satanismo ou diabolismo


Você não precisa realizar pactos ou vender sua alma para praticar magia. E se você aprender magia, não significa que você vai ser condenado a passar a eternidade no inferno. Magia também não tem nada a ver com satanismo ou diabolismo. Magia é uma prática natural que todos, sem exceção podem praticar. Satanismo é um conjunto de fundamentos religiosos voltados para a busca da independência, individualidade do ser e libertação das amarras sociais.

O que ocorre é que por conta do preconceito e ignorância da própria sociedade, tanto a magia como o satanismo normalmente são vistos como coisas extremamente diabólicas e malignas. Se você quer mesmo praticar magia, deve se libertar desses pensamentos sem fundamento que se fortalecem no medo, na arrogância, no desespero, no egoísmo e na falta de conhecimento e reflexão das pessoas. O praticante de magia deve abrir sua mente e pensar por conta própria, criar seus próprios conceitos e nunca deixar de questionar, seja o que for.

4 – Magia requer muito estudo e dedicação


Isso, é claro, se você quiser ser um verdadeiro praticante de magia. Caso contrário, você pode se limitar somente ao que você já sabe e viver com isso. Para evoluir na magia é preciso se dedicar, gastar tempo estudando e tentando compreender os mistérios da natureza. Ler bons livros, conhecer pessoas que já tenham um certo conhecimento para lhe passar. Ler blogs, opiniões, entrar em grupos na internet, o que puder.

Quanto maior for o seu contato com os assuntos esotéricos, mais conhecimento você obterá. No entanto, só estudar não basta. É preciso que você pense, reflita em tudo o que você aprender. Você não deve acreditar em tudo o que lê ou em tudo o que lhe dizem. Precisa analisar, dar ouvidos, mas refletir para ver se as ideias novas têm a ver com as suas convicções. É preciso pôr em prática também, experimentar as energias, os elementos e a vida da maneira mais intensa que puder.

5 – Magia é algo natural e não sobrenatural


Magia não tem nenhuma relação com ter superpoderes, ser mutante ou se tornar uma pessoa sobrenatural, dotada de habilidades extravagantes. Muito pelo contrário, magia é algo totalmente natural. A magia se manifesta em todas as transformações possíveis, sejam elas físicas, astrais, mentais, emocionais ou de qualquer outra natureza. A magia está na queda de água das cachoeiras, está no movimento das ondas do mar, nas ventanias que vem antes da chuva. Magia está na beleza do canto dos pássaros, na emoção que você sente em encontrar alguém que você gosta. Magia se manifesta quando você toma banho, cozinha, varre sua casa, dá banho no seu cachorro, etc.

Tudo isso são transformações, são realizações. A magia é a realização que usa a sua força de vontade. Magia também é a realização que envolve aquilo que é natural e que não tem consciência. Como as rochas são formadas? Como os cristais são formados? Tudo isso é magia também. Ao praticar magia, você deve estar ciente de que ela é uma prática acessível a todos e que a única coisa a mais que você fará, é utilizar sua consciência, seus desejos e suas escolhas para direcionar energias a fim de que algo aconteça.

6 – Más intenções gerarão péssimos resultados


Isso aliás, é um alerta! Muitas pessoas resolvem praticar magia por motivos totalmente fúteis: ganância por dinheiro, querem fazer uma amarração, querem fazer o mal a alguém por conta de vingança, inquietação, raiva, ira ou outros sentimentos negativos, querem invadir a privacidade ou desrespeitar o livre arbítrio de outras pessoas, etc. Motivos assim fazem com que o falso praticante se afunde no próprio egoísmo.

Isso precisa ser dito com bastante ênfase: NINGUÉM que tenha esses interesses ao praticar magia evolui. A pessoa pode conseguir o que quer, é claro, mas seu nível de compreensão vai ficar cada vez mais contaminado e corrompido com esses interesses. Dessa forma, a pessoa nunca alcançará altos níveis, ao invés disso, se perderá em ilusões e ainda poderá ser usada por espíritos zombeteiros.

7 – Lei de Retorno


Esta é uma lei universal que determina que tudo o que você produz energeticamente em algum momento, de alguma forma, retornará para você. Ou seja, se você praticar o bem, gerando energias positivas, essas energias retornarão pra você. Se você praticar o mal, gerando energias negativas, essas energias também retornarão pra você. Você é sempre obrigado a colher o que planta. Não se pode plantar trigo e colher milho não é mesmo?

Da mesma forma, você não pode fazer o mal e esperar que lhe retorne o bem. Toda ação gera uma reação de maneira coerente. Você sempre paga pelos seus erros e pelos seus acertos e não há como fugir disso. Portanto, ao praticar magia, deve-se ter ética e respeitar o livre arbítrio das outras pessoas. Deve-se ter cautela pela vida e pela saúde tanto sua como dos demais. Na Wicca existe um lema: “Fazes o que queres desde que a ninguém prejudiques”. Não esqueça disso.

8 – Magia não é item de exibicionismo


Se o seu objetivo for impressionar outras pessoas ou se exibir utilizando magia, saiba que esta não é uma boa conduta. Magia não foi feita para fazer de ninguém mais fantástico ou sinistro. Magia também não é um artefato para você exibir aos seus amigos dizendo que você é demais por ser um praticante. Isso aliás, é muito imaturo, irritante e ridículo.

Isso não significa que por outro lado, você deva esconder a prática de magia como se ela fosse um segredo. Magia não é um tabu e não precisamos deixar de falar nela. Assim como você não precisa exacerbar em exibir a magia, também não precisa exacerbar em ocultá-la. Tudo tem as suas medidas.

9 – Você não será melhor que ninguém por praticar magia


Ao praticar magia seus olhos se abrem para uma nova realidade e sua consciência se expande. Você aprende novas coisas, compreende um novo mundo. Sim, você se torna melhor do que você já é. No entanto, isso não significa, em hipótese alguma que você tem mais valor ou mais conhecimento do que as outras pessoas. É como religião, não importa se você tem religião ou é ateu. Nenhuma das duas coisas vai te fazer melhor que os demais.

O que realmente importa não é ser melhor do que os outros para alimentar o seu ego, mas sim evoluir internamente e colaborar para que outras pessoas também evoluam. Você não precisa pisar e subjugar ninguém para subir degraus. O caminho da magia não é uma competição de corrida com obstáculos. Onde todos são adversários ou inimigos. Magia tem a ver com união e colaboração. Você precisa aprender, antes de tudo, a colaborar com o universo e compreender que faz parte dele, assim como tudo o que existe e todos que existem.

10 – Magia é sensacional


Com magia, tudo se cria e tudo se transforma. Tudo existe, tudo se inova. Praticar magia é vivenciar mais intensamente o que a natureza e o cosmos tem a oferecer. É sentir de todas as formas como tudo está interligado e se transformando o tempo todo. Todo estudante de magia também é um estudante da vida e dos mistérios que a circundam.

Magia é uma prática tão bela e natural que seus encantos não podem nem sequer ser descritos. Sem magia nada existiria, nada aconteceria, nada seria do jeito que é. Ao praticar magia, você se beneficia de uma grande benção que o ajuda a crescer, evoluir, amadurecer ao passo que fortalece sua criança interior. E todos esses benefícios são naturais e estão ao alcance de todos, basta usufruir da melhor maneira possível.


Espero que tenham gostado desses tópicos, foram feitos com muito carinho. É um texto bastante básico, obviamente, feito especialmente para iniciantes. Se você tem verdadeiro interesse em aprender magia, sugiro que estude muito e ponha em prática aquilo que você acredita. Visite outros textos desse blog, pesquise assuntos relacionados na internet, etc. Muita paz e luz! Blessed be!

Texto escrito por Zetrusk, não permitida a cópia. Plágio é crime! Se utilizar algo aqui contido, faça referência.

As imagens aqui expostas foram coletadas na internet por meio de buscadores.

Texto escrito por Zetrusk, não permitida a cópia. Plágio é crime! Se utilizar algo aqui contido, faça referência.

Um comentário:

Gostou do texto? A leitura contribuiu de alguma forma com seu conhecimento? Faça uma retribuição deixando o seu comentário. Isso é muito importante para ajudar o blog crescer cada vez mais. É também, um gesto de gratidão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...